Sexta-feira, 16 de Junho de 2006

Último seio ... Última bebida antes da morte

Pedaços de ti ... Deixa-os aqui

Para com o meu amor os juntar.

Pedaços de mim ... Que enfrentei num copo

Delicado, asfaltado, que desonra em mim,

Foge, sente, morre, adormece,

Nos meus goles,

Saboreia, delicia,

Nas taças que para ti dexei...

Deixa aqui os pedaços de ti ...

Nesta embriaguez para os receber,

Não me ofendas com os pedaços que deixas,

Acredita que depois de todos os pedaços colar irei pensar,

Que o amor beneficia quem o recebe,

E acalma quem o oferece...

                                       Gosto muito de ti ...

sinto-me: Feliz demais
música: Dillema

imaginado por electra às 12:31
link do post | comentar | favorito

*mais sobre mim


* ver perfil

* seguir perfil

. 11 seguidores

*pesquisar

 

*Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


*Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

*posts recentes

* repara...

* Livro dos Poetas

* De mim para ti

*favoritos

* chuva

* reencontro

* volúpia

* cheers darlin'

* Se eu fosse...

* melodia

* resistir

* Dispença qualquer imagem,...

* Triângulo...

* colisão

SAPO Blogs

*subscrever feeds