Segunda-feira, 15 de Maio de 2006

Música, que surpresas me podes causar!

 Aqui não sinto um cherinho especial,

Notas soltas, uma caneta sem tinta,

Um piano com um som irritante,

Como é esquesito,

Música, sofres do mesmo que eu?

Não tens quem te ame, quem te cuide,

Meu coração também,

Pertence a uma vida sem rumo de marés que chegam,

Marés que vão e já cá não mais voltarão,

Naufrágios que se sucedem uns aos outros com pequenos intervalos,

Rosas que não mais desabrocharam,

Música, sofres do mesmo que eu?

Mas um dia irás encontrar um maestro que te volte a fazer brilhar,

Como eu encontrarei um céu em que possa poisar,

É que sabes as estrelas não mais brilharão,

Enquanto seu principe encantado,

Lhes der a mão!!

sinto-me: como uma estrela do seu

imaginado por electra às 19:06
link do post | favorito
De Catarina Arraes a 20 de Maio de 2006 às 23:26
Vejo que gostas de musica eu tambem
Mas o que mais me admira é o seu encante


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


*mais sobre mim


* ver perfil

* seguir perfil

. 11 seguidores

*pesquisar

 

*Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


*Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

*posts recentes

* repara...

* Livro dos Poetas

* De mim para ti

*favoritos

* chuva

* reencontro

* volúpia

* cheers darlin'

* Se eu fosse...

* melodia

* resistir

* Dispença qualquer imagem,...

* Triângulo...

* colisão

SAPO Blogs

*subscrever feeds