Domingo, 4 de Junho de 2006

Eu e a indirefernça...

É muito dificíl de descrever isto mas,

Para ti eu sou sempre indirente, nunca

Faço nada realmente bom, tento ser eu

Tento ser romântica. Se te desapontei,

Desculpa mas fi-lo sem saber, mas também

Acho que não preciso de ser tratada com

Tanta indiferença, tanto ódio, tanta repulsa.

Uma coisa sei, amo-te e amo-te verdadeiramente

Gostava que sentisses o mesmo.

Mas ás vezes tenho de me fechar no meu

Vazio, no meu sono, no meu quarto

E deixar-me levar pela indirença.

Acho que desde que te conheci

Ganhei uma aliada, que ficará

Comigo enquanto te amar,

Essa companhia chama-se indiferença,

E eu sei que me posso fechar, restando apenas

Eu e a indirença.

sinto-me: muito triste, confesso
música: James Blunt - Goodbye My Lover

imaginado por electra às 19:33
link do post | comentar | favorito

*mais sobre mim


* ver perfil

* seguir perfil

. 11 seguidores

*pesquisar

 

*Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


*Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

*posts recentes

* repara...

* Livro dos Poetas

* De mim para ti

*favoritos

* chuva

* reencontro

* volúpia

* cheers darlin'

* Se eu fosse...

* melodia

* resistir

* Dispença qualquer imagem,...

* Triângulo...

* colisão

RelojesWebEspana!

*presentinho doce

*Smiles...

Angel of Obscurity Voz de Celénia" width="100" height="91" border="0" /> Image Hosted by ImageShack.us Angel of Light Image Hosted by ImageShack.us ">
SAPO Blogs

*subscrever feeds